RCC Tocantins
01/07/2011 - 13h16m

RCC faz parte da equipe de coordenação da Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude

 

Na tarde do dia 30 de junho, a Presidência da recém-criada Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude da CNBB emitiu um comunicado dirigido aos jovens, dirigentes adultos e assessores dos Movimentos Eclesiais, Novas Comunidades, Pastorais da Juventude e Congregações.

No texto, são apresentados os jovens que farão parte da equipe de coordenação nacional. A articuladora do Ministério Jovem da região sul, Lisiane Griebeler, representará os Movimentos Eclesiais na Comissão, juntamente com Renato Conte Rocha, membro das Equipes de Nossa Senhora.

Leia abaixo a o comunicado na íntegra:

Caros jovens, dirigentes adultos e assessores dos Movimentos Eclesiais, Novas Comunidades, Pastorais da Juventude, Congregações

É grande nossa alegria em poder saudá-los neste mês dedicado ao Sagrado Coração de Jesus, ainda contagiados pela vibração do tempo pascal, pela solenidade de Pentecostes e Corpus Christi, momentos ricos de fortalecimento da fé e de nosso compromisso eclesial.

O Documento 85 da CNBB - Evangelização da Juventude - destacou a importância da valorização dos diversos grupos que atuam junto aos jovens. A partir de então, temos motivado para que em todas as dioceses se organize o Setor Juventude como um importante espaço de comunhão da riqueza que Deus têm nos proporcionado em vista desta missão.

No encontro com os Bispos Referenciais, realizado em março, após uma longa reflexão e partilha sobre a realidade da juventude nos dezessete regionais da CNBB chegou-se à conclusão da importância de termos uma equipe de Jovens que represente a pluralidade de expressões de trabalho juvenil eclesial em nosso país. Essa coordenação nacional será a referência principal para a pastoral juvenil na Igreja do Brasil e nos representará nas instâncias internacionais, principalmente no CELAM e no Pontifício Conselho para os Leigos. Ela está sendo composta pelos quatro jovens secretários das Pastorais da Juventude, por dois jovens de Movimentos Eclesiais, por dois jovens de Novas Comunidades e por dois jovens ligados às Congregações que possuem este carisma. A sua organização e seu acompanhamento estarão sob a responsabilidade direta dos Assessores Nacionais, Pe. Carlos Sávio e Pe. Toninho.

Para este primeiro grupo foram chamados os seguintes jovens:

• das Novas Comunidades: Diogo Victor Rocha (Shalon) e Adriano Gonçalves (Canção Nova)

• das Congregações Religiosas: Alex Bastos (Franciscanos) e Félix Fernando Siriani (Salesianos)

• das Pastorais da Juventude: Francisco Antonio Crisóstomo de Oliveira (PJ), Monique Cavalcante Benevent (PJE), Eric Souza Moura (PJMP), Josiel Ferreira (PJR)

• dos Movimentos Eclesiais: Renato Conte Rocha (ENS) e Lisiane Griebeler (RCC)

A coordenação terá a responsabilidade de garantir o protagonismo juvenil na organização nacional e o espirito de unidade das diversas expressões de juventude do Brasil. Detalhes da identidade e missão dessa coordenação serão posteriormente delineados. A articulação e as consequentes despesas serão por conta da Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude.

Que o amor transbordante e rejuvenescedor do Coração de Jesus abençoe a generosidade das diversas expressões de juventude que têm se colocado generosamente a serviço da Evangelização.

Atenciosamente,

Dom Eduardo Pinheiro da Silva

Presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude

P. Carlos Sávio da Costa Ribeiro

Assessor Nacional da CEPJ

P. Antonio Ramos do Prado

Assessor Nacional da CEPJ

Fonte: RCC Brasil

LINK CURTO: https://rccto.org.br/r/gE

© 2012-2018. RCC-TO - Todos os direitos reservados.