RCC Tocantins
05/08/2019 - 23h14m

O AMOR QUE NOS LEVA A PERSEVERAR E CONFIAR

 
Divulgação
Perseverar  e confiar
Perseverar e confiar

Em meio a uma sociedade marcada por tantos questionamentos, que nos fazem por muitas vezes querer desistir de tudo, somos chamados por um Amor maior que não o vemos, mas o sentimos e experimentamos. E esta experiência é que nos basta.

A Exortação Apostólica Familiaris Consortio de Sua Santidade, João Paulo II, ao episcopado, ao clero e aos fiéis de toda a igreja católica sobre a função da família cristã no mundo de hoje, nos diz que, “a caridade ultrapassa os próprios irmãos na fé, porque todo  homem é meu irmão»; em cada um, sobretudo se é pobre, fraco, sofredor e injustamente tratado com caridade sabe descobrir o rosto de Cristo e um irmão a amar e a servir. É nesse sentido, que somos imbuídos por uma graça que vem ao nosso encontro quando estamos abertos para servir o outro com caridade fraterna. O Espirito Santo nos ilumina cada vez mais nos doando seus dons para sermos esses membros vivos, que transmitem a alegria do Cristo Ressuscitado. Somos e temos a graça de sermos uma família cristã que esteja atenta cada vez mais a viver essa experiência do grande Amor.

E quando nos limitamos dentro de nossas essências, e iniciamos nossos trabalhos com todas as forças que temos, vamos à frente, às vezes sem medo de errar, pois, até mesmo os erros ocasionados durante a nossa caminhada nos farão crescer e amadurecer, e assim teremos mais forças para prosseguir, evitando erros anteriores.

Assim, acontece com todo o ser humano que inicia uma trajetória rumo a um grande objetivo, que muitas vezes parece estar bem distante, porém está dentro de nós e não percebemos. Santo Agostinho nos ensina, “Tarde Te amei, ó Beleza tão antiga e tão nova… Tarde Te amei! Trinta anos estive longe de Deus. Mas, durante esse tempo, algo se movia dentro do meu coração… Eu era inquieto, alguém que buscava a felicidade, buscava algo que não achava… Mas Tu Te compadeceste de mim e tudo mudou, porque Tu me deixaste conhecer-Te. Entrei no meu íntimo sob a Tua Guia e consegui, porque Tu Te fizeste meu auxílio. Tu estavas dentro de mim e eu fora…”.

Iniciar, lutar, crescer, cair e prosseguir é o nosso chamado a sermos vencedores, apesar dos obstáculos; nos apresentar ao Senhor em todo o tempo no decorrer de nossa jornada, nos fará fortes, homens e mulheres de Deus que se lançam em alto mar, como a música nos leva a orar:

“Não dá mais pra voltar, o barco está em alto mar
Não dá mais pra voltar, o barco está em alto mar

Não dá mais pra negar
o mar é Deus e o barco sou eu
E o vento forte que me leva pra frente
é o amor de Deus.

Não dá nem mais pra ver o porto que era seguro
Eu sou impulsionado a desbravar um novo mundo.”

Jornada essa, que alimenta o nosso ser, nossa essência para termos coragem a chegar à simples conclusão chamada ou até mesmo denominada de PERSEVERANÇA.

Se acreditarmos, realmente, naquilo que se encontra dentro de nossa essência, acharemos as formas e os modos corretos de perseverar e deixar de lado algo que antes seria importante. Porém, agora se torna insignificante “Desistir” e “Desanimar” por não fazer parte mais de nossos pensamentos, pois apesar dos inúmeros obstáculos que enfrentamos, temos a convicção de perceber todas as qualidades frutuosas dessa jornada. Então, quando nos limitarmos dentro de nossa essência, possamos observar as coisas boas que nos fazem amadurecer e crescer, assim as dificuldades se tornarão efêmeras diante da grandeza que provém da bondade que brota do coração do ser humano, que cada vez mais busca reencontrar com o grande Amor.  

Temos o colo da Mãe, que nos acalenta e nos socorre. Ela que soube fazer a vontade do Pai, nos ensina a orar e silenciar, a confiar e a se entregar, para realizarmos os planos de Deus através de nossas atitudes e ações.

No Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo, escrito por São Lucas, temos a alegria de sermos obedientes à Palavra do Senhor, Caminho certo e seguro. E assim, como família cristã possamos avançar cada vez mais para águas mais profundas, confiantes na Misericórdia do Senhor.

Padre Tiago Augusto Messias

Diocese de Porto Nacional – Tocantins

Pároco da Paróquia de São José – Dianópolis

Coordenador do Ministério Cristo Sacerdote RCC-Tocantins

LINK CURTO: https://rccto.org.br/r/z2

© 2012-2019. RCC-TO - Todos os direitos reservados.