RCC Tocantins
10/11/2019 - 10h48m

No terceiro dia de Congresso Dom Alberto Taveira leva fiéis refletir sobre o mistério da morte

 

No último dia do Congresso estadual jubilar da RCCTO, fiéis congressistas participam do momento mariano rezando o Santo Terço e logo em seguida da missa presidida pelo Bispo da arquidiocese do Pará, Dom Alberto Taveira que motivou os congressistas a refletir o mistério da morte.

Ele inicia sua homilia ressaltando duas frases da oração do Credo, onde a igreja católica professa sua fé dizendo “Creio na ressurreição da carne e na vida eterna.”, e diz que é uma realidade que ninguém poderá fugir, ninguém vai ficar para sementes, é o mistério da morte.

Dom Alberto diz que para a morte existem várias soluções. Na primeira solução um grupo de pessoas acham que tudo acaba aqui e vivem tudo que acham que pode. Dom Alberto diz que esta é uma solução que gera indiferentismo. “Essas pessoas vivem numa angústia terrível. Já perceberam quantas pessoas nessa geração com falta de sentido para existência? Isso acontece quando não tem nenhum sentido de esperança”, ressalta ele.

Conforme o bispo da arquidiocese paraense, na segunda solução outro grupo de pessoas acreditam na reencarnação. Mas ele volta para as escrituras na carta dos Hebreus Cap. 9,27 onde está escrito: “está determinado que os homens morram uma só vez, e logo em seguida vem o juízo”, então como pode acreditar na reencarnação se existe a certeza da vida eterna?

Na terceira solução diante da morte ele diz que a “ressureição dos mortos e vida eterna” retrata que a morte é a nossa páscoa pessoal com Cristo. “Temos que mergulhar na morte com cristo para saber que ressuscitaremos com ele. Ninguém tira a minha vida eu a doo livremente. quando eu morrer eu me aposentarei diante do Senhor”. disse Dom Alberto

O sacerdote concluiu frisando aos congressistas que precisamos crer no Deus dos vivos e conforme a palavra não existe Deus dos mortos. “Não precisa ter medo. Precisa crer na vida eterna. E não levaremos nada. Temos que nos despojar de tudo aqui nesta terra. A morte é só a passagem para nos apresentarmos diante do Senhor temos que ter fé, esperança e praticar a caridade como diz as escrituras na Carta de São Paulo”.

LINK CURTO: https://rccto.org.br/r/ze

© 2012-2019. RCC-TO - Todos os direitos reservados.