RCC Tocantins
04/12/2012 - 07h52m

Nilvinha concede entrevista e fala sobre os dois anos na coordenação estadual da RCC-TO

Ana Mariana Araújo 
João Paulo Veloso
Maria Nilva Ribeiro, atual coordenadora estadual da RCC-Tocantins.
Maria Nilva Ribeiro, atual coordenadora estadual da RCC-Tocantins.

Casada, mãe de dois filhos, graduada em Letras, bacharel em serviço social, especialista em Gestão Educacional e em Políticas Públicas. Participante do Grupo de Oração "Unidos em Cristo", na Diocese de Miracema. Maria Nilva Ribeiro, atual presidente do Conselho Estadual da Renovação Carismática Católica do Tocantins (RCC-TO) é de Colinas do Tocantins e está concluindo agora em dezembro, o seu mandato à frente da RCC-TO. Ela também é

Nilvinha, como é carinhosamente chamada pelos irmãos da RCC, foi eleita para coordenar o Estado, no biênio 2011-2012. Ela esteve à frente do Conselho na implantação de projetos importantes para a RCC como a motivação para a Construção da Sede Nacional da RCCBRASIL (Nossa Casa, Nossa Benção), Mobilização Nacional de Oração, Reestruturação da Comunicação, Congressos Diocesanos, Semanas Missionárias, entre outros.

Ao final da coordenação, ela contou ao Ministério de Comunicação Social como foram esses dois anos à frente da coordenação estadual da RCC-Tocantins. Veja abaixo:

MCS: Após dois anos à frente da presidência do Conselho Estadual da RCC-Tocantins, o que Deus modificou na Nilvinha? A coordenação amadureceu você? Quais são os frutos dessa coordenação para a sua vida pessoal e familiar?

"Maturidade, compromisso, aprendizagem, muita coisa. Cresci muito espiritualmente, tive muitos frutos, principalmente em relação a minha família. Maior comprometimento, maior busca de Deus, ou seja, o amor que eu já tinha a Deus aumentou muito nesse tempo de coordenação."

MCS: Quando você foi escolhida para coordenar, qual foi a primeira coisa que passou em sua cabeça, em seu coração? Ao final do mandato, você pode dizer que tudo o que Deus falou foi cumprido? Pode testemunhar a fidelidade do Senhor?

"Muitas coisas passaram em minha cabeça. Para começar me veio a Palavra que está em Lucas, quando o anjo Gabriel saúda Maria e diz que ela será a mãe do Salvador e ela imediatamente diz: “Como será isso?” Da mesma forma eu me questionava em como seria coordenar um estado tão grande... Enfim, tantas pessoas mais capacitadas do que eu... Eu me senti muito pequena e incapaz. Ao chegar o final do mandato, vejo que a Vontade de Deus em minha vida foi feita. A palavra que me vem é: “Combati o bom combate, missão cumprida.” De uma coisa tenho certeza: dei o máximo de mim para fazer a vontade de Deus. E minha família sempre esteve ao meu lado me apoiando e me ajudando. Deus é fiel e cumpriu sua vontade em mim. É o que sinto. Sinto-me leve, em paz, muito feliz e realizada."

MCS: Dentro da RCC Tocantins, o que mais te marcou nesses dois anos? Qual projeto, qual momento?

"Difícil de falar, pois todos os momentos me marcaram. Mas, vivenciamos nestes dois anos uma dinâmica diferente na RCC. No ano de 2011 tivemos congressos estaduais e em 2012 congressos diocesanos, além das semanas missionárias. Todos os momentos foram de muita unção. Vejo que os Congressos Diocesanos foram momentos fortes de espiritualidade e formação. Sem falar que fomos ao encontro do povo, ou seja, fomos apascentar de perto nosso povo. Visitamos várias cidades que eu ainda não conhecia e por meio dos congressos, isso foi possível. Tivemos várias campanhas de arrecadação para a construção da Nossa Casa, Nossa benção (sede Nacional), onde houve participação de todas as dioceses. Nosso povo é muito fiel. Louvo ao Senhor por tudo e pela vida de nossos servos."

MCS: Como foi a formação do Conselho Estadual? Como foi a convivência com os conselheiros, a realização dos projetos e a implantação das moções proféticas?

A formação do Conselho Estadual se deu da seguinte forma: eu e os presidentes diocesanos discernimos nomes e colocamos em oração. Fizemos o convite e muitos prontamente deram o seu sim. A convivência com os conselheiros foi de uma harmonia total, são membros de muita maturidade e compromisso e, principalmente, de muito temor ao Senhor. Todos, apesar das dificuldades que encontramos, abraçaram os projetos e as moções e juntos conseguimos realizar todos os projetos propostos pela coordenação nacional.

MCS: E a unidade com a Igreja? 

"Isso é visível. Tivemos o apoio de nossos bispos, de nossos padres e diáconos. A Igreja se fez presente o tempo todo em nosso Conselho e em nossos encontros. A RCC Tocantins procurou de uma forma muita íntegra estar perto da Igreja e estar em obediência."

MCS: Ao deixar a coordenação estadual, como está o coração da Nilvinha? Você está em paz pelo trabalho que foi feito? Tanto pelo tempo que você esteve à frente, como pelo tempo novo que virá, com a coordenação do Pedro?

"Meu coração está em paz, tranquilo e muito alegre. Missão cumprida; é essa a sensação que tenho. Tenho certeza que o Pedro fará uma coordenação brilhante, pois é um homem fiel a Deus e muito íntegro. Desejo a ele muita unção, paz, tranquilidade, humildade e principalmente, Deus. Tenho um carinho muito especial por ele e fiquei feliz por demais em saber que Deus o escolheu, que a vontade de Deus foi feita."

Deixe uma mensagem aos carismáticos do Tocantins.

"Que continuemos firmes e fortes, combatentes e buscando cada vez mais ao nosso Deus. Não é porque saímos de uma coordenação que nossa missão termina. Pelo contrário, agora é que começa nosso testemunho, acima de tudo. Desejo ao nosso povo muita paz e agradeço a todos que rezaram por mim, que estiveram ao meu lado, contribuindo. Vocês estarão em minhas orações todos os dias. Amo a Renovação Carismática Católica. Foi nela que aprendi a amar a Deus e a me sentir amada. Nela aprendia a busca da oração diária, o amor aos sacramentos, a devoção a Nossa Senhora... Enfim, a RCC me ajudou muito e agora mais do nunca estarei em meu Grupo de Oração. Terei mais tempo para estar com meus irmãos. Amados irmãos, nada de desânimo. Avante! Continuemos! Pois a nossa meta é o CÉU. Deus vos abençoe e vos guarde."

LINK CURTO: https://rccto.org.br/r/rC

© 2012-2018. RCC-TO - Todos os direitos reservados.