RCC Tocantins
18/11/2017 - 18h08m

Segunda pregação do Congresso da RCCTO fala sobre unidade e ecumenismo

 

Na segunda pregação do Congresso Estadual da RCCTO, o padre Heldeir Carneiro, coordenador nacional do Ministério Cristo Sacerdote, falou sobre ecumenismo. Por meio do tema “Para que todos sejam um”, o vigário falou da importância da unidade entre os cristãos.

“Papa Francisco, quando fala à Renovação Carismática, tem pedido para que voltássemos a abraçar o caráter ecumênico que o movimento possui”, destacou padre Heldeir. “Temos como identidade da Renovação o Batismo no Espírito Santo. É este o caráter para nos mover a ir ao encontro dos nossos irmãos”, completou.

O padre frisou ainda sobre o respeito entre os cristãos, pois sem ele não pode haver ecumenismo. “Não podemos deixar que aquilo que nos separa seja maior do que aquilo nos une, o próprio Cristo”, exortou. “Nenhum pode querer que o outro anule a sua própria crença”, explica padre Heldeir. “Ecumenismo é promover a restauração da unidade entre todos os cristãos”, concluiu.

No entanto, essa unidade não é que toda e qualquer denominação religiosa ou com inúmeras igrejas que “surgem por aí”. “Não falamos de ecumenismo com seitas, mas com igrejas cristãs sérias”, explicou o padre. O sacerdote elencou as igrejas que fazem parte do Conselho Nacional de Igrejas Cristãs do Brasil – CONIC: Aliança de Batistas do Brasil, Igreja Católica Apostólica Romana, Igreja Episcopal Anglicana do Brasil, Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil, Igreja Presbiteriana Unida, Igreja Sirian Ortodoxa de Antioquia.

Além dessas igrejas, padre Heldeir nos orienta a “abrir o coração para aqueles irmãos que se aproximam de nós”. Ele reforça que é preciso falar a linguagem do amor, pois é o amor que nos conduz. 

LINK CURTO: https://rccto.org.br/r/y1

© 2012-2017. RCC-TO - Todos os direitos reservados.