RCC Tocantins
09/04/2011 - 11h08m

Saiba como foi a manhã do Encontro de Servos

 
Jeferson Rosário
Janeth Vaz, na primeira pregação do Encontro, ao falar sobre a importãncia da participação frequente no Grupo de Oração.
Janeth Vaz, na primeira pregação do Encontro, ao falar sobre a importãncia da participação frequente no Grupo de Oração.

A necessidade de se deixar tocar pela Palavra do Senhor, a comunhão e participação no grupo de oração e a diferenciação entre carismas e ministérios. Esses foram os principais focos das orações e reflexões da manhã deste sábado, 09, no Encontro Estadual de Servos da RCC do TO.

A programação do dia iniciou com a Santa Missa, presidida pelo padre José Orlando, da Diocese de Miracema. Durante a homilia, o sacerdote fez uma breve retrospectiva dos principais temas abordados no tempo quaresmal e, refletindo sobre o evangelho do dia, convidou os encontristas a “se encontrarem verdadeiramente com o Senhor na sua palavra”. “Como estamos nos comportando diante da Palavra do Senhor? Será que temos deixado com que Ela nos desperte para a vida renovada no Espírito de Deus?”, questionou.

GRUPO DE ORAÇÃO

Ministrada por Janeth Vaz, da Diocese de Tocantinópolis, a primeira pregação do Encontro de Servos tratou do “Grupo de Oração como espaço privilegiado de comunhão e missão”. Janeth lembrou que não se pode dizer que “sou Renovação Carismática” sem que haja participação efetiva na célula-mãe da RCC, que é o Grupo de Oração.

“Meus irmãos, temos que nos orgulhar de sermos membros de grupo de oração. Essa é uma alegria, é um privilégio ter comunhão com os irmãos”, enfatizou. Janeth ainda testemunhou sobre quando teve um câncer e o quanto foi importante poder contar com o auxílio dos irmãos carismáticos. “Se eu não fizesse pertença a um grupo de oração, eu teria sofrido muito. Meus irmãos do grupo de oração rezaram por mim, pediram a outros que rezassem por mim. O meu grupo de oração rezou por mim”, contou.

CARISMAS E MINISTÉRIOS

Voltada para explicar a diferenciação entre carismas e ministérios, a segunda pregação da manhã foi conduzida por Pedro Rodrigues, coordenador da RCC na Diocese de Tocantinópolis. “Abençoado é você, abençoado somos nós porque do alto do céu, o Senhor nos olha e derrama sobre nós bênçãos espirituais”, disse.

Ao meditar sobre as Cartas de São Paulo aos Coríntios (cap 12, 11) e aos Efésios (cap 4; 11-16), Pedro explicou a diversidade dos carismas e ministérios e recordou, baseado na Palavra de Deus, que somos todos membros de um mesmo Corpo, que é Cristo. “Cada um tem a sua função”.

Por Ana Mariana Araújo / Equipe de Comunicação Social da RCC-TO

LINK CURTO: https://rccto.org.br/r/fU

© 2012-2018. RCC-TO - Todos os direitos reservados.