RCC Tocantins
22/11/2015 - 09h49m

RCC comemora 35 anos de evangelização no Tocantins

 

A Renovação Carismática Católica – RCC vive um momento muito especial. No ano em que celebra seus 35 anos de evangelização no Tocantins, o 14º Congresso do Estado é realizado na cidade onde tudo começou: Araguaína. Durante esse período o movimento amadureceu e se expandiu, alcançando todas as dioceses do estado. Hoje, a RCCTO conta com 139 grupos de oração ativos em 51 municípios.

Vilma Ferreira de Lima viu a RCC nascer no Tocantins, em 1980, por meio do grupo de oração Dom Orione – posteriormente teve o nome alterado para Javé Chama. O coordenador naquele tempo era Sebastião Justino da Costa, considerado pelos carismáticos da cidade uma “lenda” da Renovação, devido à sua intensa colaboração na vida missionária da Igreja. 
Na época, Vilma conta que era católica apenas de “rótulo”, de ir à Missa quando dava. Mas quando conheceu o movimento carismático, muita coisa mudou em sua trajetória. “Foi um impacto tão grande, porque eu pude ver o poder do Espírito Santo transformando a minha vida. O que antes pra mim era normal, passou a ser uma coisa totalmente diferente do que eu via. Mudou a minha maneira de ver, minha maneira de pensar, de agir. Foi uma graça extraordinária!”, destacou.
Durante todo esse período, a pioneira segue firme na Igreja e na Renovação Carismática. O segredo da perseverança, segundo Vilma, é poder passar pela experiência de estar na presença de Deus e também de se manter aberto às inspirações do Espírito Santo. “O sentimento que tenho é a certeza de que Deus age, de que Deus está vivo no meio de nós e que tem estado conosco todo esse tempo, nos ajudando, nos levantando, nos animando, nos encorajando, mesmo em meio às dificuldades”, completou. 

Outro pioneiro da Renovação Carismática Católica no Tocantins é o Gilson Valadares. Ele iniciou em 1981, aos 18 anos de idade, no primeiro grupo jovem do movimento, também em Araguaína, chamado Jesus Desperta - que posteriormente mudou o nome para Manigficat. Para ele, a RCC tem tantos frutos durante esses 35 anos devido a sua sintonia com Deus e com o Magistério da Igreja. “Por isso ainda hoje ela subsiste, ela existe, ela está acontecendo, porque é algo bom, semeado dentro da Igreja e suscitado pelo Espírito Santo de Deus”, destacou.

Ana Márcia Barbosa também começou na RCC no grupo Jesus Desperta e continua firme no movimento carismático. “A Renovação representa muito, minha vida profissional, familiar, tudo o que sou. A vontade de ter um mundo melhor, de ser uma pessoa melhor. Tudo vem de Deus. Não me arrependo por ter doado esses 23 anos da minha vida, porque quero que as pessoas conheçam e experimentem esse lado bom, esse lado do amor e acolham o renascimento que vem de Deus”, partilhou com alegria sua história de vida e conversão, estritamente ligada à Renovação Carismática Católica. 

O atual presidente do conselho estadual da RCCTO também é de Araguaína. Pedro Rodrigues participa do movimento há 20 anos. Ele teve sua primeira experiência com o Senhor no ‘Arrarai’, evento de evangelização durante o período de carnaval. “Esse foi o maior momento, que desencadeou toda essa vida carismática”, comentou. Pedro conta que se sente agraciado por estar na coordenação do movimento no estado. “Meu coração tem muito louvor a Deus pelo chamado. Tem sido uma fonte de muita alegria e crescimento”, disse. 

Katia Roldi, presidente nacional da RCC, comenta com alegria que vê maturidade e seriedade nos carismáticos do Tocantins. “Eu glorifico a Deus pela maturidade espiritual e pela oportunidade que os grupos de oração trazem de fazer o anúncio do nome de Jesus, por meio do batismo no Espírito Santo”, frisou. A líder deixa uma orientação para os membros da RCC: “Vale a pena servir Jesus!  Firmem, perseverem, porque não dá pra voltar o nosso barco, ele já está no mar. É preciso anunciar o nome de Jesus, levantar, dar a mão a Ele e seguir em frente”, concluiu. 

LINK CURTO: https://rccto.org.br/r/vU

© 2012-2018. RCC-TO - Todos os direitos reservados.