RCC Tocantins
26/04/2008 - 17h21m

Pregação 2: Grupo de Oração

 

Pregador: Lázaro Praxedes (Coordenador Nacional do Ministério de Pregação).
Grupo de Oração SHEKINAH ( manifestação gloriosa de Deus)
Sábado à tarde: 17 às 18:30 h
Local: Ginásio de esportes
Cidade: Araguaína-to

Abertura: Deu-se com um grande louvor, a entrega da pregação e de todos os corações, para que sentissem a manifestação do amor de Deus.

Palavra: João 7;37

Pontos principais.
• Lázaro falou sobre a festa do tabernáculo onde se festeja os 40 anos que o povo de Deus caminhou no deserto atá a terra prometida.
• O Senhor nos fala “quem tiver sede vinde a mim e beba”, é a busca incessante que deve ter o grupo de oração, a sede ,a cada dia, do Deus vivo.
• As duas condições para sermos cheios do Espírito de Deus, são:
1º) Glorificação de Jesus ( e esta condição já foi cumprida, pois o senhor se fez homem assumiu nossa condição humana, menos no pecado, foi obediente a vontade do Senhor e assim foi exaltado.
2º) Ter sede de Deus, ter a coragem de se colocar diante de Deus com sua pequenez, confiar em Deus e Ele tudo proverá.

Palavra Atos 2.

A graça de pentecostes não deve ser vista como algo do passado, mas como atual, deve acontecer sempre nos Grupos de oração. Pois quando homens e mulheres se unem em louvor, assim como no cenáculo, o vento impetuoso surge, o Espírito Santo de Deus age sobre seus filhos tão amados. O grupo de oração deve se tornar um cenáculo, o Senhor quer nos levar a um tempo novo, pois o Senhor quer agir no “hoje” de cada um.
A fé:
Recebemos a fé quando somos batizados, no decorrer da caminhada temos uma fé expectante, uma fé que vai até as últimas expectativas, e aí a graça acontece. A todo momento o grupo de oração tem relação com o cenáculo. Como o cenáculo foi um lugar de perseverança, humildade, da presença de Maria, assim também devem ser nossos grupos de oração, devem seguir o exemplo de Maria, mulher que deu seu sim e se colocou a serviço da vontade de Deus. Assim deve estar o grupo de oração e os servos, abertos à vontade do Pai.
Momento de Cura:
Foi proclamada a cura do câncer da irmã Janeth.
O Senhor revelou que é tempo de colheita e que os grupos de oração estão cheios do Espírito Santo. A unção de Deus foi tamanaha, durante a pregação que jovens correram pelo centro do ginásio louvando as maravilhas proclamadas.

“Amei a pregação de Lázaro, realmente é no grupo de oração que nos renovamos, é onde nos reabastecemos com o Espírito de Deus. O que mais me marcou foi o testemunho de vida do pregador (Lázaro) e a emoção que ele demonstrou, quando se lembrou do batismo”, relata Josabeth da Mota Rodrigues, Araguaína – diocese de Tocantinópolis. Ela ainda revela, que antes de conhecer a RCC (Renovação carismática Católica) acreditava no ditado: “pau que nasce torto não se endireita”, tão conhecido por nós. E como o Senhor tem agido na vida dela, com grandes obras, pois hoje ela acredita “ ‘Que tudo posso naquele que me fortalece’ e que se nos abrimos para Deus, Ele proverá em nossas vidas, e não há nada torto que não se endireita”, enfatiza.

Patrícia
Equipe de Comunicacao do V EES

LINK CURTO: https://rccto.org.br/r/a1

© 2012-2021. RCC-TO - Todos os direitos reservados.