RCC Tocantins
28/03/2007 - 14h52m

Numerosos milagres atribuídos a João Paulo II facilitam seu processo de beatificação

 
CIDADE DO VATICANO, terça-feira, 27 de março de 2007 (ZENIT.org).- O postulador da causa de João Paulo II, monsenhor Slawomir Oder, sente-se feliz, pois seu problema consiste em escolher um milagre entre os muitos informados para continuar com a causa de beatificação de João Paulo II.

A investigação diocesana para o processo de beatificação e de canonização de João Paulo II concluirá em 2 de abril, na Basílica de São João de Latrão. Depois começará a fase romana, na Congregação vaticana para as Causas dos Santos.

Entre os milagres atribuídos à intercessão de João Paulo II, monsenhor Oder revelou nesta terça-feira, em uma coletiva de imprensa, numerosas curas de tumores, que não levou em conta para a beatificação, dado o tempo que exigem estas doenças para verificar que não haja recaídas.

Até agora, um dos casos é o de uma religiosa francesa que teria sido curada do mal de Parkinson por intercessão do Papa Karol Wojtyla. O nome da religiosa, revelou monsenhor Oder, «por enquanto não será revelado: no Domingo de Ramos, 1º de abril, o bispo da diocese na qual se desenvolveu o processo pelo suposto milagre dirigirá uma carta à diocese na qual explicará o que aconteceu».

Outra das curas que assinalou o postulador é a de casais que conceberam e deram à luz filhos, mesmo sem antes poder fazê-lo.

«Uma das primeiras que me assinalaram foi o caso de um casal polonês que no dia do encerramento do processo diocesano em Cracóvia me apresentou uma menina, nascida depois de anos de sofrimento e tratamentos.»

Outro caso é uma «gravidez difícil, com perda do líquido amniótico. Depois de alguns meses de oração para pedir ajuda a João Paulo II, voltaram as águas e a mãe pôde dar à luz de maneira natural um filho sadio».

Durante o processo diocesano se escutaram aproximadamente 130 testemunhos.

LINK CURTO: https://rccto.org.br/r/W

© 2012-2021. RCC-TO - Todos os direitos reservados.