RCC Tocantins
28/05/2007 - 13h39m

Evangelização e promoção humana são inseparáveis

 
APARECIDA (ZENIT.org).- O cardeal Cláudio Hummes OFM, prefeito da Congregação para o Clero, confessou a esperança que tem na V Conferência Geral do Episcopado Latino-Americano e do Caribe ao presidir neste sábado a Eucaristia: que a Igreja no continente seja verdadeiramente missionária e próxima aos mais necessitados.

Bento XVI, em sua visita ao Brasil, pediu que os batizados latino-americanos sejam discípulos de Jesus Cristo, com convicções fortes, com uma adesão pessoal e comunitária.

«A Igreja na América Latina deve sair em busca desses batizados que não participam na vida da comunidade. Não nos podemos conformar frente a essa realidade. A Igreja não pode estar distante, não pode ser negada a todos eles. Não podemos ficar em casa. Jesus nos convida a ir e a anunciar sua palavra», expressou.

Acrescentou o Cardeal Hummes que a Igreja deve organizar em suas paróquias, aos movimentos e aos leigos como grandes estimuladores desta missão.

«É uma missão que deve responder às necessidades de nossos povos, a pobreza, o desemprego. Deves ser solidários», afirmou.

«Anunciar a Jesus Cristo exige ser solidários e assumir uma opção preferencial pelos pobres --acrescentou--. Não podemos deixar de trabalhar para vencera a miséria e o sofrimento dos pobres, em nome do Evangelho. Não se pode separar evangelização de promoção humana e direito a viver dignamente».

O cardeal brasileiro concluiu decidindo que a Igreja quer renovar sua vida e assumir seus compromissos: «Hoje devemos anunciar a todos, com coragem, a pessoa de Jesus Cristo. Não há maior evangelização que o que dá a vida por Jesus Cristo».

LINK CURTO: https://rccto.org.br/r/3T

© 2012-2021. RCC-TO - Todos os direitos reservados.