RCC Tocantins
02/04/2012 - 09h37m

“Intercessão é servir”: saiba como foi a Formação para Intercessores em Palmas

 
Deybb Costa
Momento de oração.
Momento de oração.
  • O Encontro de formação reuniu intercessores dos Grupos de Oração de Palmas.
  • Missa de abertura com Pe Agostinho.

Numa ação conjunta das coordenações estadual e arquidiocesana do Ministério de Intercessão da RCC, vários intercessores de Grupos de Oração da Arquidiocese de Palmas participaram no último final de semana, 31 de março e 1º de abril, de uma Formação específica para Intercessores. O encontro aconteceu no Colégio Estadual Setor Sul, em Taquaralto.

Na homilia da missa de abertura, que aconteceu no sábado à tarde, Padre Agostinho falou sobre a importância do intercessor e enfatizou o quanto esse trabalho deve ser reconhecido. “É missão deste, interceder pela igreja”, disse o padre.

A primeira formação foi conduzida pela coordenadora arquidiocesana de intercessão, Zilda Bastos, que fez uma introdução do encontro. A coordenadora estadual, Lucimar Faria, em seu ensino, apresentou vários aspectos baseados na bíblia referentes à missão do intercessor. “Intercessão é servir”, refletiu ao dizer ainda que essa formação representou uma retomada das atividades dos intercessores.

No domingo, 1º, o coordenador arquidiocesano da RCC, Murillo Barros de Carvalho, pregou sobre o tema “Semeando a Cultura de Pentecostes”. “Com certeza, esse encontro proporcionou um novo despertar, um reanimar da missão”, destacou Murillo.

Houve um forte momento de intersessão e escuta, em súplica por todo o clero e por todos os grupos de oração, ministérios, coordenadores e pelas famílias. Foi um momento de grande manifestação dos dons espirituais, com profecias e visões. O grupo clamou ao Senhor que levante um povo fiel à oração, obediente e cheio de dons e carismas do Espírito. (Com informações do MCS da Arquidiocese de Palmas)

LINK CURTO: https://rccto.org.br/r/hV

© 2012-2018. RCC-TO - Todos os direitos reservados.