RCC Tocantins

Prelazia de Cristalândia

Bispo
Dom Rodolfo Luis Weber.

Área
66.365 Km²

População (em 2004)
192.000 habitantes (80% católicos)

Histórico

A Prelazia de Cristalândia foi criada em 26 de março de 1956 pela Bula Ne quid Filiis do Papa Pio XII sob a jurisdição de um Administrador Apostólico.

O primeiro bispo prelado foi Dom Jaime Antônio Schuck, O.F.M., norte americano. Ele tomou posse no dia 11 de junho de 1959 e renunciou ao bispado no dia 11 de maio de 1988. Dom Jaime faleceu nos Estados Unidos no dia 31 de janeiro de 1993.

O segundo bispo de Cristalândia, Dom Olívio Obalhe Teodoro, O.F.M., brasileiro, tomou posse no dia 05 de maio de 1988 e, após um ministério episcopal muito proveitoso de apenas 11 meses, adoeceu em abril de 1989 e faleceu no dia 29 de setembro de 1989.

O seu terceiro bispo foi Dom Heribert Hermes, hoje bispo emérito, tomou posse no dia 23 de setembro de 1990 ficando na direção da prelazia até 2008.

Seu atual bispo, Dom Rodolfo, foi nomeado pelo Papa Bento XVI no dia 25 de fevereiro de 2009


A Prelazia de Cristalândia está situada na Região Norte e Centro Oeste do Brasil, abrangendo 04 municípios no estado de Goiás, 14 municípios e alguns povoados pequenos no estado do Tocantins, e, pastoralmente, inclui a Ilha do Bananal, a maior ilha fluvial do mundo. Metade da Ilha do Bananal é um Parque Nacional e metade é uma Reserva Indígena, hábitat de mais ou menos 3.000 índios Karajá e Javaé. A Prelazia possui uma superfície de 61.853,3 km2 , e com a Ilha do Bananal, atinge quase 85.000 km2. Sua população é de 300.000 habitantes, aproxi-madamente.

Uma grande parte da população é proveniente de outras regiões do Brasil (especialmente do Norte e Nordeste -- Maranhão, Piauí, Pará e Bahia) e, ultimamente, do Leste e Sul (Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Santa Catarina). As famílias migrantes do Norte e Nordeste, na maioria, fugiram da seca. na busca de uma vida melhor no novo estado do Tocantins. Em geral o povo da Prelazia é pobre. Trabalha nas grandes fazendas dos latifundiários como assalariados, sem possuir suas próprias terras, pois muitas famílias foram expulsos das suas terras, onde trabalhavam e tiraram seu sustento.

No sul da Prelazia, no estado de Goiás há duas cidades maiores -- Porangatu com uma população de uns 45.000 (quarenta e cinco mil) habitantes na cidade e uns 20.000 (vinte mil) na zona rural; e São Miguel do Araguaia, com uns 30.000 (trinta mil) na cidade e 5.000 (cinco mil na zona rural). Há uns 80km da sede da Prelazia, na cidade de Paraiso do Tocantins, há uma população de aproximadamente 30.000 (trinta mil) na cidade e 7.000 (sete mil) na área rural. As outras cidades variam de 1.000 (um mil) a 12.300 (doze mil e trezentos) na zona urbana, e de 500 (quinhentos) a 8.850 (oito mil oitocentos e cinqüenta) na zona rural. A cidade de Cristalândia possui mais ou menos 9.000 (nove mil) habitantes urbanos e 3.500 (três mil quinhentos) na área rural. O desemprego e o sub-emprego são pro-blemas sérios e constantes em toda a Prelazia.

 

Outros itens de Dioceses

VOLTAR
© 2012-2019. RCC-TO - Todos os direitos reservados.